“É preciso pensar e planejar o Nordeste e a saída é a elaboração de um Plano Estratégico”, propõe Ariosto Holanda

Para o socialista cearense, a bancada nordestina deve ser um espaço de discussão de projetos estruturantes nas áreas da infraestrutura, educação, ciência e tecnologia

(Brasília-DF, 26/04/2012) O deputado federal Ariosto Holanda (PSB-CE) defendeu nesta quarta-feira (25) na reunião da Bancada do Nordeste, realizada no Anexo III da Câmara dos Deputados, a constituição de um Grupo de Trabalho (GT) para discutir e elaborar um Plano de Ações Estratégicas voltado para o desenvolvimento social e econômico da região Nordeste.
 
O foco desse plano, segundo o parlamentar socialista, deve ser os projetos estruturantes nas áreas da infraestrutura, educação, ciência, tecnologia e de convivência com a seca. Ele também defende o fortalecimento do banco do Nordeste “para que essa instituição venha ser também um dos gestores do desenvolvimento e deste plano estratégico da região”.

MURO DE LAMENTAÇÕES - Para Holanda, a Bancada do Nordeste na Câmara deve voltar a ser um espaço de discussão de grandes projetos para o desenvolvimento social e econômico da região.

“Se não fizemos isso (esse Plano Estratégico) vamos ficar aqui discutindo sempre a mesma coisa, como emendas parlamentares, a questão da seca. Não é que nãos sejam importantes, mas precisamos avançar no debate do desenvolvimento da região”, disse o deputado.
 
Deputado Ariosto Holanda fez um alerta para que a Bancada do Nordeste não fique na “mesmice”.

- Precisamos pensar e planejar o Nordeste, do contrário vamos ficar somente no 'muro das lamentações' , declarou o deputado cearense
 
(Por Gil Maranhão, para Agência Política Real, come edição de Genésio Jr.)