Ariosto Holanda coloca questão do “analfabetismo educacional e tecnológico” no debate político para consolidar planos de governo

Socialista participa dos seminários “Pensando o meu Município”, onde discute com comunidades cearenses temas como educação, capacitação tecnológica para micro e pequenas empresas, geração de trabalho e renda
(Brasília-DF, 05/09/2012) O deputado federal Ariosto Holanda (PSB-CE) revelou nesta terça-feira, 4, à Agência Política Real, que por considerar o analfabetismo educacional e tecnológico os principais entraves ao desenvolvimento econômico e social do Brasil na atualidade, decidiu, nestas eleições, percorrer o interior do seu estado, Ceará, para debater o tema com os candidatos às Prefeituras e Câmaras Municipais e lideranças comunitárias e sindicais.
 
Ele ele, o assunto vem sendo debatido, desde agosto, através do seminário “Pensando o meu Município”, em várias regiões do estado.
 
Nos seminários, o parlamentar disse que tem discorrido sobre a educação, a capacitação tecnológica para micro e pequenas empresas, e a geração de trabalho e renda, e a ideia é contribuir no processo de elaboração dos Planos de Governo de candidatos a prefeito.
 
As propostas para a gestão são debatidas tomando com base a cartilha 'Pensando o meu Município', de autoria do parlamentar socialista, onde ele sugere ações para o desenvolvimento para essas áreas.
 
FORMAÇÃO DE LIDERANÇAS - Ariosto destacou os encontros que teve em São João do Jaguaribe - onde anunciou compromissos nas áreas de educação profissional e inclusão digital, durante encontro com o candidato a prefeito Acácio Chaves e lideranças de diversos segmentos da sociedade local; e no município de Russas - onde visitou obras e afirmou que o resgate da cidadania de milhões de excluídos só será alcançado com educação e trabalho.
 
“A alta concentração de renda que se observa deriva da deficiência educacional do nosso povo”, disse o deputado.
 
Segundo ele, em todos os seminários, iniciou a formação de grupos com lideranças da sede e distritos do município para discutir o plano, pediu a indicação do coordenador do processo e sugeriu a criação de um conselho político para a gestão municipal.
 
“É uma maneira diferente de fazer política, com base em propostas e ideias, que vai servir de modelo. Acredito na força e na determinação da mulher”, acentuou
 
EMENDA PARA IFCE - O deputado Ariosto Holanda anunciou, ainda, o compromisso de colocar recursos de emenda parlamentar, de sua autoria, para levar um Campus do Instituto Federal do Ceará (IFCE) para a cidade de Quixeré.
 
No âmbito da geração de renda e micro e pequenas empresas, ele informou que sugeriu a implantação de um Arranjo Produtivo Local de confecções para capacitar pessoal e desenvolver o polo de micro e pequenas empresas.
 
Holanda revelou, ainda, que colocou emenda para aquisição de notebook ou netbook para os professores do ensino fundamental de dez municípios cearenses.
 
"Infelizmente, outros prefeitos não tiveram o compromisso com sua gente", disse em referência aos que não usaram os recursos por não terem encaminhado os projetos.
 
REDE DE CVT NA PERIFERIA - Em Fortaleza, o deputado socialista disse que a proposta foi apresentada na reunião da executiva do PSB e para o grupo que elabora o Plano de Governo do candidato a prefeito pela legenda, Roberto Cláudio.
 
O deputado propõe ações que possibilitem a inclusão social por meio da educação e trabalho com a formação de uma rede de Centros Vocacionais Tecnológicos (CVT) na periferia da capital cearense. Segundo ele, um povo bem educado resolve os problemas de saúde, de emprego e saúde, e ajuda a resolver os problemas da violência.