BNB, IFCE, DNOCS e Ministério da Integração são chamados para criar incubadoras de empresas rurais

Projeto será discutido por Ariosto Holanda com Ary Joel, Virgílio Araripe e Emerson Fernandes no BNB

 

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB), o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE) vão discutir uma proposta de ação em comum para apoiar a criação de incubadora de empresas do meio rural nos perímetros irrigados do Departamento, no Ceará. A ideia, apresentada pelo deputado Ariosto Holanda na reunião da Bancada do Nordeste, quarta-feira, ao presidente do Banco do Nordeste, Joel Ary Lanzarin, foi aceita.

 

Será marcada data no BNB para discutir o projeto com Ary Joel, o reitor do IFCE, Virgílio Araripe e o diretor geral do Dnocs, Emerson Fernandes, de acordo com agenda dos dirigentes das três instituições, disse o parlamentar. Segundo ele, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra e o secretário executivo da Pasta, Alexandre Navarro, também manifestaram apoio à ideia. A proposta foi incluída no projeto de convivência com a seca, da Bancada do Nordeste, elaborado por Ariosto Holanda, e no projeto de reestruturação do DNOCS, na perspectiva de aplicação em outros estados nordestinos.

 

Sábado, em reunião com professores municipais no campus do IFCE em Morada Nova, organizada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsep), Ariosto Holanda informou que o perímetro irrigado Morada Nova, do Dnocs, implantado no município, foi escolhido para ser o primeiro a receber um Centro Vocacional Tecnológico (CVT) de Biocombustíveis, para prestar assistência técnica aos irrigantes com laboratórios e usina de álcool ao lado de usina de etanol. O projeto, proposto pelo deputado, deverá ter também uma incubadora de empresas de técnicos agrícola e tecnólogos em parceria com o Dnocs, que vai ceder área para o CVT; o IFCE, que fará a gestão, em parceria com as associações dos irrigantes e com apoio do BNB.

 

O presidente do Sindsesp, Cleiton Oliveira da Silva, tecnólogo em Saneamento Ambiental formado na Fatec de Limoeiro do Norte, hoje campus do IFCE, deu um testemunho da transformação social que o curso tecnológico trouxe para sua vida. A trajetória profissional começou a mudar com após a conclusão do ensino médio no Telecurso, depois na Fatec quando conquistou o diploma de nível superior e mais tarde possibilitou entrar por concurso na Prefeitura de Morada Nova e ser aprovado na seleção para o mestrado na Universidade Federal da Paraíba, que está concluindo.

 

Na época de Fatec, segundo ele, o transporte dos alunos era feito por um ônibus velho apelidado de Catarina pelos estudantes, mas hoje, com a federalização, o novo ônibus tem ar condicionado, graças à luta do deputado Ariosto que conseguiu a inclusão do campus no IFCE, no governo Lula. Cleiton Oliveira da Silva afirmou que não está no Sindicato para se dar bem, mas para lutar por melhoria de vida para Morada Nova, que ainda é um município carente e sofrido.

 

Na ocasião, Ariosto Holanda mostrou a planta do prédio do polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) a ser construído em Morada Nova com recursos de emenda da bancada federal do Ceará que ele conseguiu com os deputados Chico Lopes e Artur Bruno. No total, segundo o deputado, serão implantados 10 polos da UAB no estado vinculados à Universidade Estadual do Ceará (UECE) com os recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. A unidade dará cursos de graduação, especialização ou mestrado, a serem definidos pela UECE numa interação com os professores do município.

 

Todavia, para viabilização do polo da UAB, Ariosto Holanda informou que será necessária a doação de um terreno com escritura pública para a UECE, pela prefeitura de Morada Nova. Também dependerá da parceria com a prefeitura local a implantação do projeto Um Professor, um Notebook, com alocação de recursos no município através de emenda parlamentar para aquisição dos equipamentos. O encontro foi realizado no auditório do campus do IFCE de Morada Nova com a participação do vereador do município, Jorge Brito, e do vice-prefeito de Limoeiro do Norte, Marcos Coelho.

 

FONTE: Flamínio Araripe